Lote enviado pela Secretaria Estadual de Saúde acabou nesta quarta-feira e vacinação não ocorrerá pelo menos entre quinta e sexta.

Vacinação contra gripe é suspensa após estoque zerar em Ribeirão Preto Maurício Bazilio/SES A Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto (SP) imunizou contra a gripe 50,7 mil idosos em três dias, o que representa 65% da população com mais de 60 anos da cidade.

O estoque de doses acabou nesta quarta-feira (25) e a vacinação foi suspensa.

Segundo a prefeitura, com a suspensão, não haverá vacinação entre quinta e sexta-feira (27).

A previsão da administração municipal é retomar o trabalho na semana que vem, mas não foi informada a data exata.

Segunda-feira (23): 16 mil idosos imunizados Terça-feira (24): 17 mil idosos imunizados Quarta-feira (25): 17,7 mil idosos imunizados As doses da vacina são distribuídas aos municípios pelo governo estadual.

A vacinação começou na segunda-feira (23).

O G1 questionou, por e-mail, a Secretaria Estadual de Saúde sobre quando um novo lote será enviado para a cidade e aguarda retorno. "O estado não conseguiu suprir com mais vacinas para a gente poder terminar a vacinação nessa semana.

Nós vamos receber outro carregamento do estado na próxima semana", afirmou o secretário municipal de Saúde, Sandro Scarpelini Os idosos e trabalhadores de saúde do município são imunizados nesa primeira etapa da campanha.

Segundo a prefeitura, a cidade possui 78 mil moradores com idades acima dos 60 anos.

"Já tinha sido encomendado, mas o estado só vai ter condição de fornecer na próxima semana, então nós vamos avisar quando a gente retoma", explicou o secretário.

'Drive thru' suspenso após caos no trânsito A Secretaria Municipal de Saúde também mudou a estratégia da vacinação "drive thru", em que o idoso não precisa sair do carro para receber a dose.

O trânsito ficou caótico durante a manhã desta quarta no entorno da esplanada do Theatro Pedro II, onde ocorreu a imunização.

Com isso, a pasta acatou a recomendação da Polícia Militar para suspender vacinação e a estratégia será reavaliada.

Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca