Mogi Mirim e Vinhedo são as únicas na casa dos 49%, média do Estado; meta do governo é atingir no mínimo 55% como forma de achatar a curva de contaminação da Covid-19.

Barreira sanitária em uma das entradas de Vinhedo (SP): cidade registra índice de 49% de isolamento Reprodução / EPTV1 Oito das 12 cidades da região de Campinas (SP) que têm índices de isolamento social monitorados pelo Estado apresentaram aumento nos indicadores, segundo balanço divulgado nesta sexta-feita (22).

Apesar do avanço, nenhuma delas conseguiu ficar acima dos 49%, média dos 645 municípios paulistas aferida na quinta (21) - apenas Mogi Mirim (SP) e Vinhedo (SP) atingem tal marca.

[veja números abaixo] A meta do governo é alcançar no mínimo taxa de 55% de isolamento no Estado, enquanto que o comitê de combate à Covid-19 considera o patamar de 70% como ideal para achatar a curva de contaminação e evitar o colapso do setor de saúde.

A quarentena segue pelo menos até 31 de maio. MAPA: casos de coronavírus pelo Brasil Coronavírus: veja perguntas e respostas Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus Cidade da região com o maior número de casos confirmados e mortes por Covid-19, Campinas "estacionou" na taxa de 47% de isolamento pelo terceiro dia seguido.

A prefeitura espera que a antecipação de feriados, que criou a possibilidade de um megaferiadão de cinco dias, ajude a ampliar os índices. A ideia, de acordo com o secretário de Saúde, Carmino de Souza, é quebrar o ciclo de transmissão, possibilitando uma melhora nos resultados em infectados entre 10 a 14 dias, além de atingir números maiores do distanciamento que possam sinalizar a possibilidade de adoção de um plano de retomada de comércios e serviços. Megaferiadão em Campinas 23/05: Sábado 24/05: Domingo 25/05: Segunda-feira, feriado estadual antecipado (9 de Julho) 26/05: Terça-feira, feriado municipal de Corpus Christi antecipado (11 de junho) 27/05: Quarta-feira, feriado municipal da Consciência Negra antecipado (20 de novembro) Taxa na quinta-feira (21/05) e comparativo com dia anterior Americana: 44% (aumento de 1 ponto percentual) Amparo: 45% (aumento de 1 ponto percentual Campinas: 47% (mesmo percentual do dia anterior) Hortolândia: 45% (aumento de 1 ponto percentual) Indaiatuba: 48% (mesmo percentual do dia anterior) Itapira: 46% (mesmo percentual do dia anterior) Mogi Guaçu: 45% (aumento de 1 ponto percentual) Mogi Mirim: 49% (aumento de 1 ponto percentual) Paulínia: 44% (aumento de 1 ponto percentual) Sumaré: 45% (aumento de 1 ponto percentual) Valinhos: 47% (mesmo percentual do dia anterior) Vinhedo: 49% (aumento de 1 ponto percentual) Estado de São Paulo: 49% (mesmo percentual do dia anterior) Como é feito o monitoramento? O monitoramento inteligente é feito com base em dados cedidos pelas operadoras Vivo, Claro, Oi e Tim.

Em nota, a assessoria do Estado destaca que o sistema analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. Coronavírus: dicas para organizar a vida durante o isolamento Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus Arte/G1 Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Campinas.