Hospitais e entidades assistenciais receberam alimentos e outros insumos na tentativa de reduzir o impacto social provocado pelo novo coronavírus (Covid-19).

Empresas que atuam na região de Ribeirão Preto (SP) anunciaram doações a hospitais, lares de idosos e entidades assistenciais que cuidam de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social na tentativa de amenizar os impactos sociais provocados pelo novo coronavírus (Covid-19). Veja abaixo algumas das empresas solidárias: Cesta básica A Coorpercitrus já distribuiu cerca de mil cestas básicas a famílias de baixa renda na região.

A primeira ação foi em Guaíra (SP), em parceria com a Usina Açucareira Guaíra, quando foram doadas 300 kits com alimentos às instituições assistenciais da cidade.

Em Bebedouro, foram distribuídas 600 cestas básicas em parceria com a Tecno Beef, a Cotram e Agropastoril Paschoal Campanelli.

Em Monte Azul Paulista, SP, foram doadas 300 unidades, em parceria com a Agro Machado.

Já a pareceria da Coopercitrus com a Agropecuária Bandeirantes rendeu a doação de 450 cestas básicas à comunidade em Colina.

Cestas básicas doadas pela Coopercitrus em parceria com diferentes empresas Divulgação Dinheiro Doze entidades assistenciais da região de Ribeirão Preto que ajudam crianças, adolescentes e idosos em situação de vulnerabilidade social receberam R$ 95 mil para dar continuidade ao trabalho em meio à pandemia. A doação partiu do Fundo de Assistência Social da Associação dos Agentes Fiscais do Estado de São Paulo (Fundafresp).

O dinheiro será utilizado para compra de alimentos, medicamentos, produtos de higiene, equipamentos de proteção, entre outros suprimentos, de acordo com a Fundafresp. Entre as cidades beneficiadas estão Batatais (SP), Santo Antônio da Alegria (SP), Altinópolis (SP), Ituverava (SP) e Bebedouro (SP), além de Ribeirão Preto. Alimentos A indústria de alimentos Santa Helena doou 60 toneladas de produtos como amendoins e paçoquinhas a entidades assistenciais no Brasil.

Os produtos, distribuídos em 12 mil caixas, foram entregues no Rio de Janeiro, São Paulo e Goiânia, além de Ribeirão Preto. A Santa Helena também enviou a cinco hospitais de Ribeirão Preto doces e snacks com mensagens de apoio aos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Verduras Os idosos atendidos pela Casa do Vovô e pelo Lar Padre Euclides, em Ribeirão Preto, receberam a doação de 200 pés de alface e almeirão produzidos pela horta dos alunos de agronomia do Centro Universitário Moura Lacerda. As hortaliças foram cultivadas conforme as normas de higiene exigidas pelas autoridades de saúde, de acordo com a instituição. Centro Universitário Moura Lacerda produz e doa hortaliças a asilos de Ribeirão Preto (SP) Centro Universitário Moura Lacerda/Divulgação Lanches Os profissionais de saúde que trabalham no Centro de Atendimento de Coronavírus da Unimed de Ribeirão Preto tiveram uma refeição diferente ao receber gratuitamente lanches do Mc Donald's.

Os combos foram embalados com o selo da campanha McObrigado. McDonald's doa lanches a profissionais de saúde em Ribeirão Preto (SP) McDonald's/Divulgação Açúcar As Santas Casas de Colina (SP), Guaíra (SP), Pitangueiras (SP) e Bebedouro receberam doações de sachês de açúcar com mensagens de positividade produzidos pela Tereos, que atua no ramo de açúcar, etanol e amidos.

Nos sachês, as hashtags #VaiPassar e #VamosVencer incentivam ambos pacientes e profissionais de saúde a continuarem na luta contra o coronavírus. Álcool 70 A Usina Santa Adélia produziu e doou 5,6 mil litros de álcool 70 a hospitais públicos e asilos da região de Ribeirão Preto.

Entre as cidades que receberam a doação, estão Jaboticabal (SP), Guariba (SP) e Taquaritinga (SP), cidades onde a usina tem atuação. Usina Santa Adélia produz e doa álcool 70% na região de Ribeirão Preto Maryana Oliveira Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca